Descobertas e riquezas Naturais!

Cuidar da saúde é algo que faço com responsabilidade, cuidado e atenção! Claro que não acho muita graça em remédio, mas quando é preciso, tomo direitinho!

O que gosto mesmo é quando encontro saídas naturais e que realmente são benéficas e eficazes como no caso da folha de atroveran para cólica menstrual, por exemplo! É tiro e queda, falo por experiência própria! Esquento a água sem deixar ferver, desligo o fogo, coloco algumas folhas de atroveran e fecho a vasilha por uns 15 minutos! Ao tomar o alívio logo chega!

Chá!

Outra grande descoberta é o SUCO VERDE! Maravilha total! Faz bem para o intestino – e olha que eu sempre tive problema com isso! Há muito tempo incluí fibra em minha alimentação, na quantidade correta e mesmo assim ele não funcionava direito. Pense num desconforto! Horrível!  O que sei é que depois do Suco Verde tudo mudou de figura e agora ele funciona direitinho!

Suco Verde!

Além disso, minha pele, unha e cabelo tem agradecido também!  Sem demagogia ou exagero, a melhora foi de 50%! Ah, pra fechar o pacote, o problema que tinha no estômago também acabou! Virava e mexia começava a queimar, doer, se irritava com alguns tipos comuns de comida e subia pra minha cabeça! Dá-lhe enxaqueca! Tudo isso acabou!

Tomo o Suco à noite, embora ouça muitos nutricionistas dizerem que o melhor horário é de manhã! Coloco todos os ingredientes na centrífuga e tomo fresco! É uma delícia! Pra ajudar o que já está bom, emagreci quase 3 quilos depois que o inclui em meu cardápio! E olha, não tinha essa intenção, de verdade! Tanto é que tirei o gengibre da receita, pois ele é termogênico e colabora no processo mais ágil do metabolismo e passei a intercalar os dias em que tomo! Que tal experimentar?

Segue a receita do SUCO VERDE!

- 2 folhas grandes de couve.

- 1 galho pequeno de hortelã.

- ¼ de limão.

- 1 laranja.

- Metade de uma maçã.

- 1 pedaço pequeno de gengibre.

- 1 fatia grossa de abacaxi

- 1 copo de água.

- 1 colher de chá de açúcar.

Use a centrífuga ou liquidificador (neste caso é preciso coar!) e tome ainda fresco!

Tô na Revista Viva! Dieta dos Pontos é sucesso total!

Saiu a matéria na revista Viva falando sobre meu emagrecimento através da Reeducação Alimentar criada pelo Dr. Alfredo Halpern!

Márcia Ribas - Antes e Depois

Fiquei muito feliz especialmente porque tenho como missão especial divulgar para os quatro cantos do mundo que é possível emagrecer comendo de tudo, sentindo-se como “gente normal” e não voltar a engordar, nunca mais!

Se por acaso você duvida disso, eu entendo sua postura! De verdade! Eu duvidei também e por muito tempo, especialmente quando detectava que a ultima dieta maluca já não fazia efeito como o prometido! Que decepção, que tristeza, que falta de esperança, que raiva, que vontade de fazer um buraco no chão e entrar nele!

Márcia Ribas - Antes e Depois

Por isso, peço-te insistentemente: NÃO DESISTA! Há solução para o seu caso, acredite! Mas, não deixe de buscar um profissional da saúde pra te ajudar, isso é muito importante! Leia os livros do Dr. Alfredo Halpern, acompanhe os vídeos dele na internet, pesquise, enfim! Isso me ajudou muito, passei a entender o processo que me levou a engordar e como seria para emagrecer!

Márcia Ribas - Antes e Depois

Claro que minha vontade e determinação me ajudaram muito, mas se não fosse o conhecimento adquirido da forma que acabei de citar, não seria a mesma coisa!

Tô aqui na torcida por você! Vai dar certo! Se tiver alguma dúvida, por favor, sinta-se à vontade pra entrar em contato, tá?! Bom trabalho!

Dicas que me ajudaram a Emagrecer!

Pra eu conseguir emagrecer foi imprescindível a força de vontade! Mas, não pense que ela se equipara àquela vontade prazerosa, gostosa, de fácil acesso… Não! Em primeiro lugar eu fiz um esforço tremendo pra acreditar que realmente era algo necessário, mesmo constatando que não tinha mais pra onde correr e que estava a um passo de contrair diabete!

motivo para emagrecer

A força me deu um empurrãozinho e só então acreditei que a endocrinologista  tinha razão! Segue algumas dicas que me ajudaram a emagrecer e que me foram dadas por ela:

- Era necessário fugir da tentação, especialmente no início do emagrecimento! Na época eu morava com mais sete pessoas e o momento da refeição era a maior festa! O papo não tinha fim e ninguém parava de comer, é claro! Passei a ‘fugir’ da mesa tão logo acabava a refeição.

- Me convenci de que metabolismo cada um tem o seu! O meu infelizmente é lento, o que eu posso fazer a não ser comer de forma apropriada? Nunca terei a ‘sorte’ da minha amiga magra esquelética que come tudo o que existe no mundo, com a maior cara boa e não engorda um grama se quer!

- Motivação externa pra emagrecer tem vida curta por mais bonito que seja o vestido de festa que vou usar ao emagrecer, por mais lindo e estonteante que seja o cara que tô de olho e quero impressionar, por mais que tenha prometido pra mim mesma que nesse verão vou abalar… Enfim, são motivos fracos porque têm fim em si mesmo e não me levará a lugar algum.

Com paciência passei a absorver essa nova mentalidade e meu hábito alimentar realmente mudou. Hoje não tenho problema algum com a balança e muito menos com a comida, tudo é muito natural, até porque aprendi que posso comer de tudo!

Acredite! Emagrecer é algo possível! Busque um bom profissional pra te ajudar e não se esqueça de que sua força de vontade pode mudar o rumo da sua vida! Sucesso!

Cardápio ideal para Emagrecer … Depois do estrago!

Cardápio Basiquinho:

emagrecer

Café da Manhã: 3 pães com muita manteiga / Várias fatias de queijo e mortadela / 1 copo grande de Vitamina com a fruta que preferir, é importante que seja adoçado com leite condensado / Pastel frito (grande) / 1 copo de café com leite pra ajudar na digestão.

Lanche (das 09 às 11h30): o que estiver dando bobeira no armário, geladeira ou qualquer outro lugar, sendo gostoso ou não, o importante é mastigar!

Almoço (12h00): Arroz e feijão à vontade / Boa quantidade de Batata frita / Farofa / Bife com gordurinha / Omelete / Sobremesa como Brigadeiro, Bolo de Sorvete ou Mousse / Laranja (é ótimo para o intestino!).

Lanche (15:00h ou mais cedo se a fome apertar): Pão caseiro saído do forno (pedaço considerável) acompanhado de um ovo frito e mussarela / 1 refrigerante ou mais / Pé de moleque caseiro.

Lanche mais reforçado: Macarrão alho e muito óleo com bacon / Maionese / Salada básica de tomate / Bolo simples / Café com leite /  Misturinha de leite em pó com achocolatado até formar um creme que dê pra comer com colher /

Antes de dormir: uma tigela de pipoca de microondas / Refrigerante.

Isso era mais ou menos o que eu comia diariamente pra manter o corpo em forma de bola com quase 100 quilos, ou seja um cardápio Ideal para emagrecer… Depois do estrago! Nem havia necessidade de criatividade no cardápio já que o mais importante era mastigar qualquer coisa o tempo todo!

Pura compulsão por comida gerada a partir de um relacionamento familiar mal resolvido. Através de terapia isso foi se organizando interiormente e aos poucos consegui emagrecer com ajuda da Reeducação Alimentar!

Emagrecer, definitivamente não significa apenas fechar a boca, é muito mais que isso! Busque um bom profissional pra te ajudar! Tenho certeza de que ficará muito feliz com o resultado! De preferência que seja através da Reeducação Alimentar!

Emagrecer é fácil ou difícil? Depende…

Ao publicar essa foto no facebook várias pessoas me perguntaram se havia feito montagem. Aliás, algumas juram de pé junto que é montagem e ponto final! Hahaha.

emagrecer, reeducação alimentar

Eu reconheço que para as pessoas que me conheceram depois do emagrecimento não é fácil acreditar mesmo. Até porque depois disso eu usei aparelho nos dentes, tirei uma super pinta do rosto e passei pela cirurgia de redução mamária. Sem contar toda a mudança interior que aconteceu por conta da autoestima elevada! Essa mudança é muito grande e forte!

A vida muda! A forma de ver e enfrentar o mundo muda! As metas mudam! O olhar muda, o sorriso muda, tudo muda! Muita coisa nova e boa a meu respeito foi descoberta a partir de então, como se tivesse tirado uma rolha do gargalo! Eu nasci de novo!

A primeira pergunta que as pessoas fazem a respeito do emagrecimento é a seguinte: É MUITO DIFÍCIL EMAGRECER?

Nos primeiros meses a adaptação é exigente, pode-se dizer difícil. É algo incômodo, até acostumar a comer de 3 em 3 horas pelo menos, mudar o hábito alimentar, ter noção da quantidade de calorias dos alimentos, de começar alguma atividade física, tomar mais água, enfim. É a parte prática do processo.

Mas, a partir do momento que passei a emagrecer toda essa ‘dificuldade’ diminui. O interessante, e necessário na verdade, é ter uma meta! Não somente de peso a ser eliminado, mas de vida, de dar um significado concreto e real pra o emagrecimento, aí tudo fica mais fácil!

O meu grande significado foi minha saúde. Não dava mais pra seguir como se tudo estivesse normal, sabendo que mais dia menos dia eu poderia entrar num quadro de diabete, sem volta.

Qual é o significado do seu emagrecimento? Encontrando-o tudo fica mais fácil!

Comer à noite!

Comer muito e bem tarde da noite era uma das minhas ‘especialidades’ enquanto fofucha! Chegava em casa mais ou menos às 23h e seguia em direção ao armário e a geladeira com o firme pensamento: ‘tomara que eu não encontre muita coisa calórica por lá, pois se encontrar vou comer tudo e mais um pouco!’. Você acredita nisso?

Na maioria das vezes não sentia fome, até porque já havia comido muito bem antes de sair de casa! Mas, a vontade de comer algo era tamanha que não conseguia me conter. Além disso, não estava convencida de que realmente era preciso emagrecer.

Relembrando essas atitudes e toda a minha trajetória de emagrecimento digo que não engordei apenas porque comia muito, mas porque vários fatores contribuíram para isso, especialmente o emocional.

Comer à noite

Há situações que só podem ser mudadas com o auxílio médico. E foi exatamente quando busquei o psicólogo e o endocrinologista que passei a entender o meu processo, me conscientizei sobre ele e então consegui emagrecer! Por isso sou totalmente contra dietas malucas. Penso que cada caso é um caso e precisa ser tratado como tal.

Você já ouviu falar sobre a Síndrome da Fome Noturna, por exemplo? O Dr. Drauzio Varella fala sobre ela aqui. Não foi o meu caso, mas de repente pode ser o seu ou de alguém que você conhece. Emagrecer é mais sério do que simplesmente parar de comer.

Nunca assaltei a geladeira! Eu vivia dentro dela!

Ao contar minha história de emagrecimento as pessoas se surpreendem e logo dizem que não dá pra me imaginar obesa, e mesmo as que me conheceram com a forma redonda dizem não se lembrar mais dessa imagem.

Confesso que pra mim muita coisa já ficou pra trás. Mas, quero trazer algumas coisas à lembrança justamente porque ontem conversei com uma pessoa que quer e precisa muito emagrecer pelo menos 30 quilos, mas, sente-se impotente, embora lá no fundo saiba que um dia vai chegar lá.

Márcia Ribas

Antes e Depois! Emagreci 36 quilos!

Segue algumas das minhas ‘peripécias alimentícias’:

Eu nunca assaltei a geladeira, considerando que assalto acontece de vez em quando… Eu vivia dentro dela! Comia algo doce e complementava com algo salgado, repetidamente sem parar.

Festa era algo catastrófico pra mim! Queria comer tudo o que via pela frente e se pudesse levava pra casa na maior cara de pau! Ah, e nem sentia o sabor do que estava comendo, tamanha ansiedade.

Meu café da manhã já foi assim: pelo menos 4 chocolates (com variedade é claro, ex: Choquito, Diamente Negro, Charge e Shot), mais uns 2 ou 3 pães com muita margarina, queijo, mortadela, presunto, enfim, o que estivesse ‘disponível’. Isso acontecia praticamente todo dia!

Geralmente durante o dia comia  muito pão caseiro, salgadinho frito, bolo, enfim, carboidrato até dizer chega!

Isso se repetiu até o momento em que ‘me enxerguei’ e então tomei a decisão de emagrecer como sinal de amor próprio. Claro que não foi fácil no início, mas com persistência os vícios deram lugar aos hábitos e hoje quase não me lembro dessa avalanche de comida que ingeria e muito menos entendo como cabia tanta coisa em meu estômago!

Lá no fundo havia uma certeza minúscula de que um dia iria emagrecer. Ela cresceu e me transformou numa pessoa muito melhor, não somente porque emagreci, mas porque nasci de novo!

Acredite em você! Dá certo, mesmo que seja algo difícil, é possível! Não desista!

Comer com os olhos!

O que os olhos não vêem o ESTÔMAGO não sente! Essa alteração na frase é a mais pura verdade, especialmente em alguns dias do mês em que sinto vontade de devorar o mundo inteiro. Aliás, nós mulheres temos essa característica quando se aproxima o período da menstruação.

Ah, detalhe: nesse período tenho a plena certeza de que quero comer algo doce; ao terminar de comer o tal do doce, instantaneamente passo a ter ‘outra’ certeza maior ainda de que a partir daquele exato momento quero algo salgado, e assim vai até me atinar para o fato de que não estou com essa bola toda, afinal de contas eu tenho tendência pra engordar e também porque minhas células de gordura estão lá quietinhas até que eu as ‘encha’ novamente, portanto, é melhor parar por ai! Tenho consciência de que esse processo é perigoso, especialmente por ter sido obesa. Falo mais sobre isso aqui.

Depois de ‘levar muito no lombo’ aprendi que é melhor e mais seguro não me expor aos perigos gastronômicos, pois muitos deles são tentadores a ponto de me fazer pensar: “Ah, é só hoje, afinal de contas eu mereço!” Lembrando que ao ‘comer com os olhos’ geralmente não estou fome é sim com vontade de comer.

Dá uma olhada nesses anúncios criativos produzidos pela GREY de Londres para a Pringles e me diga se não são convidativas!

Eu chego ao cúmulo de sentir o sabor e o cheiro desse queijo e fico com água na boca!

Mas, aos poucos estou aprendendo que é bobeira sofrer à toa, por isso tiro os olhos da comida e foco na sensação de estar com o corpo saudável, pronto para usar roupas que me favoreçam, que me deixem confortável e especialmente com a autoestima lá em cima. Tenha a certeza: Vale a pena ‘segurar a boca’ por alguns instantes e manter o corpo bem por muito tempo!

Célula de gordura: Daqui não saio daqui ninguém me tira!

Descobri, cientificamente falando, porque não convém sentir inveja de quem pode comer de tudo e mais um pouco e mesmo assim o ponteiro da balança nem se mexe!

Você acredita que o fato de eu ter engordado e mantido a forma redonda por alguns anos fez com que várias novas células de gordura se formassem no meu organismo? Até aí tudo bem, o problema é que uma vez ali, elas nunca mais saem. Ao emagrecer elas murcham, mas a qualquer crise de boca nervosa podem ‘ embolotar’ novamente! Já ouviu a frase “daqui não saio daqui ninguém ninguém me tira’? Foi pensada especialmente para as células de gordura! Hahaha.

Li isso numa matéria muito interessante e esclarecedora na página do Bem Estar (programa da Globo). Indico com certeza! Clique aqui pra saber mais! Essa matéria também trata sobre o preconceito que o gordinho sofre e que não é fácil, conheço bem essa história!

Sobrepeso e Obesidade.

Sendo assim, tenho duas opções diante do fato de ter sido ou estar gorda: lamentar, chorar, reclamar e me perguntar POR QUE SÓ EU NÃO POSSO COMER, COMER, COMER ou me conscientizar de que isso é uma questão de saúde, de metabolismo, de organismo, portanto precisa de atenção e cuidado!

Por isso a importância da Reeducação Alimentar! Aprender a comer mudou essa história, especialmente porque não me sinto ‘excluída’ dos cardápios, da mesa, das festas, da gastronomia do universo e parei de me sentir a coitadinha. Emagreci e mantenho meu peso há mais de 6 anos! Não conheço saída melhor para emagrecer com sucesso do que a R.A!

Emagrecer e comer tem algo a ver?

É incrível perceber o quanto o fato de emagrecer está diretamente ligado ao fato de não poder comer quase que absolutamente nada!

Eu percebo a surpresa das pessoas ao me ver comendo coisas comuns como chocolate, sorvete, lanche, massa,  e por ai vai. Por ter emagrecido quase 40 quilos, elas esperam me ver comendo somente produtos light, frutas e verduras! Na verdade eu entendo essa postura, pois eu pensava exatamente assim até conhecer a Reeducação Alimentar onde posso comer de tudo com moderação!

A R.A unida à atividade física – de acordo com suas possibilidades e com a direção de algum profissional – é receita de sucesso na certa!

Eu confesso que não acho muita graça em frequentar academia, aliás, nenhuma graça. Tentei por três vezes, mas simplesmente eu não gosto, não consigo e não quero!

Eu também não gostava de caminhar, mas diante da necessidade, digamos que foi a opção ‘melhorzinha’ da lista! Brava comigo mesma, saia pra caminhada  já imaginando o momento da volta!

Você acredita que depois de um mês caminhando 3 vezes por semana eu passei a gostar?! E não demorou muito pra eu pegar embalo e caminhar  diariamente por 1 hora! Isso tudo porque constatei inúmeros benefícios que ela me trouxe, entre eles:

- auxílio no emagrecimento.

- sono leve e tranquilo.

- bem estar, bom humor e muito mais disposição pra enfrentar o dia.

- sem contar que queimando calorias, me sentia mais a vontade pra comer uma coisinha aqui e outra ali. Alguns ‘presentinhos’, digamos assim!

Ah! Acabei de ler que a CAMINHADA PODE CONTER O VÍCIO PELO CHOCOLATE! Ótima notícia, não é! Clique aqui para saber mais!

Há muitos motivos pra comer de tudo de forma saudável, emagrecer e manter o corpo em equilíbrio! Portanto, emagrecer e comer tem algo a ver, sim!!

Como emagreci 36 quilos??

Conheci um rapaz recentemente e conversando entre outras coisas acabamos falando sobre emagrecimento. Ao contar minha história de ’36 quilos a menos’ ele teve a mesma reação que quase todos que não me conheceram ‘antigamente’ têm: espanto e quase incredulidade!

O legal é que depois disso ele se interessou pela Reeducação Alimentar e já está entendendo a lógica desse processo através de leitura e pesquisas que tem feito. Já o encontrei outras vezes e percebi que seus hábitos alimentares estão mudando. Se você também quer emagrecer e tem interesse em conhecer mais sobre R.A ou a Dieta dos Pontos comece agora lendo uma ótima matéria  clicando aqui.

Aproveitando o ensejo quero citar novamente o livro do endocrinologista Dr. Alfredo Halpern e do psiquiatra Dr. Adriano Segal que é simplesmente maravilhoso nesse sentido e faz a gente ter outra visão do que vem a ser a obesidade. Se você precisa de mais informação, não perca essa oportunidade! Especialmente se não entende porque tenta emagrecer e não consegue!

Muita gente me pergunta se R.A tem alguma coisa a ver com a Dieta dos Pontos. É A MESMA COISA, o que muda é a variação de pontos de médico pra médico, mas a essência é a mesma! E o resultado é notável como você vê nas fotos, e o melhor é que realmente perdura, já que diz de mudança de hábitos! Eu não voltei a engordar mais e isso já tem 7 anos!

O retorno das pessoas é uma satisfação muito grande pra mim, da mesma forma quando recebo emails e comentários aqui no blog, afinal de contas esse espaço existe para motivar e ser uma luz no fim do túnel. Se eu consegui emagrecer, qualquer pessoa no mundo  também pode!!

Portanto, se você quer emagrecer, procure um bom profissional que tenha como método a R.A. Tenho certeza de que ficará muito satisfeita (o)!

 

Dá pra emagrecer comendo fora?

A vida tem sido bem corrida pra todo mundo, mas não dá pra tomar isso como justificativa pra não emagrecer ou então esperar o ‘tempo em que tudo ficar mais tranquilo’ porque definitivamente ele não vai chegar! A hora é agora!

Eu fico muito mais tempo no trabalho do que em casa. Inevitavelmente tenho que comer fora todos os dias. Tive sucesso em meu emagrecimento a partir do momento que conheci a Reeducação Alimentar e passei a comer de 3 em 3 horas e pra que isso seja possível levo uma marmitinha para meu trabalho com frutas, barra de cereal, iogurte, etc!

É necessário tomar cuidado com o transporte e conservação desses alimentos pra não correr risco de intoxicação! O Dr. Alfredo Halpern e a nutricionista Rosana Raele dão ótimas dicas sobre isso, tanto para quem quer emagrecer, quanto pra quem quer manter uma dieta equilibrada ou  pra quem gasta muita energia, enfim! Clique aqui e saiba mais!

Emagrecer 3 quilos e engordar 6! Ninguém merece!

Levanta a mão quem acha que emagrecer é algo complicado! Eu concord…ava, antigamente! Descobri o seguinte durante os meus 37 anos de vida nessa terra: é muito fácil complicar o que é simples!

Sabe quando foi que imaginei que emagrecer seria algo simples? NUNCA! Até porque sofri horrores tentando isso das formas mais mirabolantes, loucas e hilárias! E claro, nao consegui! A comida sempre me vencia, como se fosse maior que eu! Isso pode até parecer verdade como nesse trabalho do fotógrafo, escritor e cineasta norte-americano Christopher Boffoli, onde utiliza de bonecos pintados a mão para destacar o consumo de alimentos nos Estados Unidos! Super interessante e cômico ao mesmo tempo!

Vivi alguns episódios comuns a quem quer emagrecer, veja se por acaso você se identifica com algum?

- Já senti fome de ficar com as pernas bambas!

- Quase me transformei num legume ao tomar sopa durante uma semana!

- Por pouco não morri afogada de tanto tomar água morna logo de manhã! Quem merece!

- Já fiz ginástica debaixo de um sol escaldante com um plástico atarracado na minha barriga!

- Tomava chá de carqueja como se fosse água. Pense numa coisa amarga!

Que vida sofrida! Ah e tudo isso pra emagrecer 3 quilos e engordar 6! Ninguém merece! E isso logo na sequência! A única loucura que nao fiz foi me automedicar, graças a Deus!

Ao conhecer a Reeducação Alimentar percebi que emagrecer faz parte de um processo natural do  organismo diante das suas próprias necessidades, portanto sem segredos e muito menos dificuldades! A não ser no início, é claro, quando tudo ainda é novo. Aí é preciso muita paciência e perseverança pra alcançar o objetivo!

Já falei várias vezes sobre oo Dr. Alfredo Halpern aqui, endocrinologista e criador da Dieta dos Pontos, que na verdade é a mesma coisa que Reeducação Alimentar. Método através do qual  emagreci 36 quilos num período de 3 anos. Uma forma possível  e eficaz de alcançar o peso saudável . Saiba mais tanto sobre o doutor quanto sobre o método clicando aqui!

Pão, bolo e biscoito! Não vivo sem!

Eu não vivo sem carboidrato! Pra mim a possibilidade de não comer pão (de todo tipo), bolo (especialmente de fubá, de cenoura e bolo simples) e bolacha (ou biscoito para os cariocas) simplesmente não existe! A minha vida não seria a mesma sem essas coisas, eu tenho certeza disso!

Por isso também tenho aversão a dietas que restringem violentamente o cardápio. Primeiro porque o meu organismo sente falta e segundo porque as experiências que tive não foram nem um pouco satisfatórias e muito menos efetivas.  Pão, bolo e biscoito! Não vivo sem!

Passei a ser muito mais feliz depois de conhecer o Dr. Alfredo Halpern que criou a Reeducação Alimentar. Ah e por falar nisso clique aqui pra saber o que ele diz sobre carboidratos e R.A! Aprendi que posso comer de tudo com moderação! Com o tempo passei a ser muito mais exigente tanto no paladar quanto no cuidado com o corpo. E isso aconteceu naturalmente, o que é melhor!

Na semana passada comi um lanche delicioso da Subway e quase matei de susto uma amiga que geralmente não me vê comendo ‘essas coisas’!! Achei tão engraçado e interessante ao mesmo tempo porque ela sabe de todo o meu histórico de gordinha seguido do processo de emagrecimento. Automaticamente o que fica gravado é que não dá pra comer mais nada que não seja verdura, legumes e frutas! Mas dá! Tem notícia mais maravilhosa que essa? Ah, eu adoro isso de coração e estômago!

Se você quer ou precisa emagrecer e pensa que por isso sua vida não terá mais ‘sabor’ digo que está enganada(o). Dá pra emagrecer comendo de tudo, mas com moderação é claro. É preciso diminuir a quantidade, mas como o resultado é palpável, logo você se anima e continua com o projeto de vida nova! Vá em frente! Se você realmente deseja isso, digo que vai dar certo! Mas, não se esqueça de buscar um médico!

Chocolate não engorda e Pipoca retarda envelhecimento! Oba!

Você já deve ter visto desenho animado ou mesmo filme que exemplificam o bem e o mal em forma de anjinho e demônio, não é? Pois bem, por muitas vezes já me senti dividida, mais especificamente entre a magrinha e a gordinha que habitavam em mim. Digo habitavam porque depois da Reeducação Alimentar minha consciência emagreceu de fato!

Lembro-me como se fosse hoje do dia em que ouvi dizer que chocolate fazia bem para a saúde! Ah, pra que?! Me joguei nisso com força. Nem questionei, é claro! Quer descoberta melhor? Pra mim era Deus no céu e chocolate na terra!

É uma piada! Eu vivia me sabotando! E isso nem era difícil de acontecer! O ‘interessante’ é que ao ouvir uma boa notícia dessa eu assimilava somente que chocolate fazia bem para a saúde, porém a quantidade passava batido. Liberado significa liberado, ué!

Lembrei disso porque recentemente me deparei com duas matérias pra lá de saborosas!!

A primeira dizendo que o CHOCOLATE NÃO ENGORDA! Clique aqui   para saber mais!

E a segunda dizendo que a PIPOCA RETARDA O ENVELHECIMENTO! Clique aqui!

Eu simplesmente adoro pipoca!! Pode ser doce, salgada, meio termo, de cabeça pra baixo, enfim. Adoro! Pronto e acabou! E, além disso, eu também adoro o fato de retardar o envelhecimento! Aí juntou a fome com a vontade de comer! O que fazer?

A verdade é que até Torta de bombom Sonho de Valsa não engorda! Se comer com moderação, é claro! Alias, dessa forma nada engorda! E isso é um dos pontos fortes da R.A: comer de tudo e com moderação! Portanto, não se deixe enganar diante de notícias saborosas como as que foram citadas acima. Poder comer é uma coisa, comer desenfreadamente é outra! O que você escolhe e por que?

Já que comi isso vou comer aquilo!

Eis que eu estava no meio de uma dieta do deserto, sabe daquelas que faz a gente ver miragem de tanto que se priva de tudo? Pois bem, no final de semana havia um casamento pra ir, cuja festa prometia em todos os sentidos e gastronomicamente falando ainda mais!

Consegui me concentrar a semana toda em alface, água e gelatina ligth (ótima dieta, super variada e nutritiva… conta outra né?!!). Com muito custo e paciência consegui entrar no vestido! Tudo bem que se eu desse um espirro ele se deterioraria em milhões de pedaços, mas o que importava é que eu tava dentro dele e feliz!

Chegou o tal dia da festa! Havia pessoas muito bonitas, elegantes, papo cabeça, enfim! Eu tava ‘me achando’ naquele lugar! Ao me deparar com a mesa, enlouqueci! Eu simplesmente gostava de tudo o que tinha lá. Logo pensei: ‘Festa como essa não acontece sempre, portanto, regime hoje não! Eu mereço ser bem tratada!’

Daí em frente você deve imaginar o que aconteceu, não é?

Não sei se isso acontece com você, mas quando eu fazia dieta e abria mão pra alguma ‘coisinha’, havia mil outras atrás! Ah, e ainda ficava feliz por achar que a culpa era da ‘coisinha’ e não minha! Gente, socorro!

Isso foi automático até o dia em que eu me dei conta de que estava a jogando a minha responsabilidade pra comida! Estar diante de uma mesa farta e dar o primeiro chute no balde não me dá o direito ‘leve’ de pensar: ‘Ah, já que comi uma massa, vou comer uma sobremesa! Já que comi uma sobremesa, vou comer duas! Já que comi duas porções de sobremesa vou tomar um Milk Shake! E assim vai até o dia em que estourar de desânimo, depressão, tristeza e muita baixa estima.

Dentro da Reeducação Alimentar dá pra comer isso e aquilo com muita consciência, responsabilidade, liberdade e sem peso na consciência e muito menos na balança! E a diferença se dá no fato de que ela é um modo de vida! Se hoje eu comi demais, amanhã posso equilibrar comendo menos pra fechar a semana em dia. Bem diferente de qualquer outra dieta que não me dá outra opção a não ser pensar que como fiz tudo errado, não dá pra continuar e além do mais me sentir fracassada e desanimada diante de qualquer recomeço. A R.A é uma forma de tratar o corpo e a saúde com muito respeito!

Essas fotos lindas e que dão água na boca são do fotógrafo Daniel Alexandre!

Dizer NÃO à comida?!

Eu não sou dramática, mesmo! Mas relembrando alguns acontecimentos do meu emagrecimento quase choro… de rir!

Antigamente ‘estar de regime’ era algo que realmente me tirava a alegria, o bom humor, a paz, enfim, tudo de bom! Sem contar que não me fazia emagrecer efetivamente, eu era “A Sanfona” em pessoa! Ou seja, uma lástima!

Lembro que quando alguém me oferecia algo pra comer (gostoso ou não), meus olhos ficavam imóveis como se estivessem hipnotizados! E como num desenho animado meu corpo quase se jogava em cima da comida. Sabe quando a pessoa flutua em direção ao aroma? Estou contando a verdade nua e crua, não há exagero algum nisso! Hoje é algo cômico, mas já foi trágico, com certeza!

- ‘Não, obrigada…’. Frase tão pequena e simples, mas que quase não saía da minha boca porque no fundo eu queria comer tudo o que estava ali e mais um pouco! Ah, e pra ajudar eu dizia quase que inaudivelmente: ‘Eu não posso’… Fala a verdade!

Hoje tudo mudou de figura! Quando alguém me oferece algo eu aceito numa boa (a não ser que eu não goste!) e com consciência da quantidade que me convém comer. De forma alguma passo vontade e muito menos me sinto culpada por isso!

Há uma grande diferença entre as frases NÃO POSSO COMER e NÃO VOU COMER! A primeira diz de uma obrigação e a segunda diz de uma escolha, dessa forma tudo fica mais fácil e leve. Você é responsável por sua saúde, por suas escolhas, por seu futuro, por sua vida como um todo. Use sua liberdade a seu favor!!

Reeducação alimentar é uma forma de vida, uma verdadeira filosofia, totalmente eficaz no emagrecimento, pra sempre!! Ela dá consciência e a maturidade que a gente precisa ao estar diante de um prato lindo com aquilo que mais gostamos! Conheça mais, pesquise, tenho certeza de que vai se render a essa maravilha!

Essas fotos lindas estão aqui!

A comida é uma arma a seu favor ou contra?

Pra mim sempre foi muito difícil entender por que a pessoa que tem tendência para engordar tem de sofrer tanto na vida!

Se a gente come e engorda é rotulada como fominha, pandú, esganifada, buraco sem fundo, enfim! Se tenta emagrecer fazendo alguma dieta ou atividade física a cobrança é ainda maior na hora de comer o que quer que seja, pois todo mundo se acha no direito de falar o seguinte: ‘- Ué, o que adianta ir pra academia se tá comendo desse jeito?’ – Que jeito??? Que eu saiba, eu também preciso comer pra viver! Tá, eu sei, não é viver pra comer!

Só quem já sentiu na pele sabe o drama que é estar acima do peso, ser gordinha, fofinha, obesa ou algo parecido. Independente do que as pessoas digam ou pensem, a gente tem sentimentos e sonhos e com certeza muita vontade de emagrecer e ter qualidade de vida. O X da questão está em chegar nisso de forma saudável, pois há o risco da comida ser uma arma contra nós, tanto no sentido de engordar comendo exageradamente ou de emagrecer comendo de menos ou de forma errada!

Pra ilustrar isso encontrei o trabalho do designer inglês Kile Bean! É um projeto muito interessante onde ele reconstrói armas utilizando comida e outros objetos inofensivos, o que dá margem para discussões políticas, sociais e até culturais sobre a guerra e a fome no mundo todo. Isso entorna o caldo!

E pra gente aqui no blog fica a responsabilidade de cuidar da própria alimentação, tendo-a como uma aliada pra emagrecer, manter o corpo em bom funcionamento, pensando no futuro, enfim. Aliás, recentemente fui ao gastroenterologista e ele me elogiou muuuito! Dizendo que meu aparelho digestivo parece o de uma menina de 12 anos! O que? Se eu fiquei orgulhosa?! Imagina! Não foi pouco! E que isso se dá pela minha alimentação! Por isso que sempre digo que emagrecer é muito mais do que entrar num belo vestido, e sim cuidar do corpo!!

A comida é uma arma a seus favor ou contra?

Não perca tempo e se for preciso mude seus hábitos alimentares com a ajuda de um bom profissional!

Festas de peso!

Adoro ceia de natal e de réveillon! Tem tanta coisa gostosa pra comer, confesso que como de tudo! Antigamente rolava certa Tensão Pré Festas! Antes de comer eu já ficava chateada com o peso que ganharia na balança, pode?! Com esse pensamento e conclusão de quem ainda não estava decidida a emagrecer de fato, abusava de tudo e pensava que no próximo ano daria um jeito no estrago. Ou seja, dificultava ainda mais a situação!

Aliás uma das minhas metas para o ano que estava por vir sempre foi o de emagrecer! E com paciência consegui! Se você também tem essa meta, não desanime, vai dar certo!

Aproveite essa época pra fazer um balanço do que foi o seu ano, pra agradecer pela sua saúde, pelas suas conquistas, por seus sonhos realizados e pelos que se realizarão, pelas pessoas especiais que surgiram, pelas dificuldades, pelo trabalho que executou, enfim por  sua vida!

O tempo passa muito rápido e não vale a pena se chatear com o que não é importante! Portanto, bola pra frente! Festeje bastante, coma de tudo, porém com moderação pra não começar o ano com peso na consciência! Lembre-se sempre: você é muito mais que seu estômago!

Use e abuse dos truques que ajudam a comer menos: mastigue várias vezes, tome bastante água, como nozes, castanhas e afins, elas saciam! Faça um prato pequeno pra repetir sem sair da linha! Vale a pena segurar o ímpeto de comer agora especialmente porque depois é tempo de férias, piscina, praia, calor, enfim, tempo em que todo mundo que ficar bem na foto!

Boas Festas!

Truques para emagrecer!

Pra tudo tem um jeitinho na vida, até pra emagrecer! Ao longo do tempo descobri alguns ‘truques’ que me ajudaram no processo de emagrecimento. Você pode até me achar meio doida, mas não tem problema, o que importa é que realmente dá certo!

Adoro pizza desde que nasci! Comia pelo menos 4 pedaços de uma só vez! Com o ‘projeto emagrecimento’ passei a dividir o pedaço ao meio como se estivesse comendo um pedaço inteiro, ou seja, ao invés de quatro passei a comer apenas dois pedaços. Mastigava devagar e pensava o seguinte: esse pedaço tem exatamente o mesmo gosto do outro, portanto vou saboreá-lo vagarosamente e me saciar! Deixar de comer, nunca!

Pão é outra paixão! Adoro! Passei a dividir o pão de sal (pão francês, filão ou como você preferir) ao meio fazendo dois ‘sanduiches’ com manteiga, queijo e peito de peru e comia devagar também, ao final da refeição me sentia saciada, como se tivesse comido dois pães! Não é exagero, é a mais pura verdade! Com o pão de forma faço a mesma coisa, ao invés de comer os dois pedaços num sanduíche, como um pedaço por vez! E não é que dá certo?!!

Diante de um cardápio tentador, me esforço por colocar o mínimo no prato pra me dar ao luxo de repetir! Mastigo bem, converso, pra tirar o foco total da comida e só então repito. A sensação é muito boa e leve ao mesmo tempo! Sem peso na consciência e muito menos na balança!

Se emagrecer fosse algo fácil não existiria ninguém fora do peso no mundo, concorda?! Mas vale a pena dar de louca, se privar de algumas coisas, fazer sacrifício, enfim, em nome da saúde, da autoestima, da beleza! Descubra os seus truques para emagrecer!

A mágica da reeducação alimentar!

Eu sempre imaginei que pra emagrecer tinha que fechar a boca somente. Sofri horrores até entender que eu não sou só minha boca, tenho um organismo todo pra dar atenção!

Eu fazia questão de ficar acordada até tarde, mesmo tendo que levantar cedo no outro dia, achando que quanto mais energia eu gastasse, mais iria emagrecer! E mais fome sentiria também, claro! Aí eu mandava ver um sanduichizinho lá pelas onze da noite ou mais, coisa básica, só pra forrar o estômago!! Hum, hum.

Só depois aprendi que o metabolismo funciona mais lentamente à noite por isso o ideal é comer coisas leves depois das 17h. Ah, descobri também que meu organismo precisava de pelo menos 8 horas de sono e que o sono sustenta. Aos poucos tentei me adaptar aos horários pra dormir na hora certa, e adivinha… isso me ajudou a emagrecer! Acordava disposta, totalmente descansada e sem agitação!

Cansei de passar fome pra emagrecer! E tinha certeza de que quanto mais isso acontecesse, mais magra eu ficaria. Pesado engano! Nunca emagreci dessa forma. Quando passei a comer de três em três horas é que “o milagre” aconteceu. Assim não dá tempo de sentir fome, por isso a próxima refeição é sempre feita com tranqüilidade. Não foi uma conquista fácil, mas teimei até isso virar hábito!

A reeducação alimentar me fez entender o corpo como um todo e me deixou mais inteligente, de verdade! Hoje a comparação entre um alimento e outro é natural e eu sempre escolho o que mais proveito trará para minha saúde. Tudo é questão de hábito!

Querer emagrecer, já é o começo! Em seguida é necessário conhecer a melhor forma pra que isso aconteça e colocar em prática! Dá certo!

Eu como porque mereço!

Eu me considero uma pessoa criativa! Pra honrar essa qualidade, inventava justificativas mirabolantes pra comer e fazia isso com a plena certeza de que EU MERECIA! Afinal de contas, eu já ouvi falar tantas vezes que quando a gente morrer não vai levar nada desse mundo! Tenho que aproveitar bem a vida, comendo bem e muito!

Tudo era motivo pra isso: se estava triste, feliz, ansiosa, melancólica, de TPM – ah, peraí, isso merece mais atenção! Nesse período meu organismo sentia (e ainda sente) falta de açúcar=chocolate. Pense numa cólica terrível! Eu ficava sem fala de tanta de dor. Quer maior merecimento do que isso? Claro que eu comia quase uma caixa de bombom sem peso na consciência… só na balança. Afinal eu estava ‘enferma’, pode-se dizer isso né?!

Sempre gostei muito de trabalhar. A semana rolava com stress, correria, cansaço, chateações, enfim, coisa que a gente vive normalmente no trabalho, claro que também tem o lado bom né?! E quando chegava o final de semana eu me via no direito de me presentear com massas de todo tipo, muita sobremesa, guloseimas, afinal de contas, EU MERECIA!

Hoje eu continuo achando que EU MEREÇO, a diferença está no foco do merecimento. Agora eu mereço ser feliz, me sentir bem, bonita, ter uma boa saúde, uma boa alimentação que vai melhorar minha pele, unha, cabelo, meu corpo como um todo! Eu mereço ser bela inteiramente!

E você, merece o que? Não dê pérolas aos porcos! Valorize-se!

Entradas Mais Antigas Anteriores

%d blogueiros gostam disto: