Inverno X Fome e vontade de comer.

O frio se aproxima e com ele a preocupação com a balança, não é? Conheço bem essa crise. Cheguei ao cúmulo de ter dois tamanhos de roupas, um para o verão e outro para o inverno. Com muita facilidade engordava pelo menos quatro quilos no frio, porém num dos anos engordei dez!

Dieta de Inverno

Já aviso que a reeducação alimentar não teve culpa alguma nisso. Teimosa, eu ‘achava’ que comer de três em três horas não tinha nada a ver. Mas, tinha! Eu sentia fome fazendo apenas três refeições por dia e naturalmente comia um pouco mais pra dar conta do buraco no estômago. Fazendo pelo menos cinco refeições não sinto fome, como bem menos, ou melhor, o necessário e não engordo.

Dieta de Inverno - chá

Portanto, não tenha medo do inverno e muito menos se faça de vítima dele porque o prejuízo será seu. Realmente a fome aumenta porque o organismo gasta mais energia pra manter o corpo quente, mas no fundo também existe a tal vontade de comer. Abra o olho e feche a boca!

Dieta de Inverno

Eu tomo algumas providências pra me prevenir nessa estação:

- Adoro chocolate quente bem cremoso e calórico, mas deixo só para o final de semana ou a cada 15 dias. Se virar prática, ninguém segura o ponteiro da balança. No lugar dele tomo café com leite e canela ou chá natural pra dar uma enganada.

- Tomar sopa à noite é muito bom desde que não seja calórica. Sopa com muita manteiga, bacon, creme de leite, batata ou arroz, por exemplo, não vai ajudar a natureza. Abuse dos legumes!

- Tomar pelo menos 1,5 lt de água por dia, mesmo sem vontade e com frio. O dia em que não tomo água a fome aumenta consideravelmente e a hidratação não acontece. Não vale a pena.

- Fibras sustentam bastante e ajudam no funcionamento do intestino. Bolo de fibras é o que há de bom, com moderação, é claro!

- Tenho muita preguiça de fazer atividade física no inverno. Mas, aí penso que ela vai me ajudar a manter o peso, evitar dores nas costas, especialmente eu que tenho duas hérnias e crises nessa época. Se a preguiça me dirige a palavra, faço de conta que não é comigo e sigo em frente. Fácil não é, mas é necessário.

- No lugar da salada fria, os legumes cozidos e quentinhos são ótimos.

- Comer frutas no inverno não é tão legal quanto no verão… Pra equilibrar faço suco verde usando várias delas ou então coloco maçã, pera ou banana no forno ou micro-ondas com um pouco de água e canela. É uma deliciosa sobremesa.

- Mastigue devagar e várias vezes até perceber que o alimento está todo triturado. Quanto maior o tempo de mastigação mais o cérebro entenderá que está saciado, mesmo que a quantidade de comida não seja grande.

Bom trabalho!

 

Descobertas e riquezas Naturais!

Cuidar da saúde é algo que faço com responsabilidade, cuidado e atenção! Claro que não acho muita graça em remédio, mas quando é preciso, tomo direitinho!

O que gosto mesmo é quando encontro saídas naturais e que realmente são benéficas e eficazes como no caso da folha de atroveran para cólica menstrual, por exemplo! É tiro e queda, falo por experiência própria! Esquento a água sem deixar ferver, desligo o fogo, coloco algumas folhas de atroveran e fecho a vasilha por uns 15 minutos! Ao tomar o alívio logo chega!

Chá!

Outra grande descoberta é o SUCO VERDE! Maravilha total! Faz bem para o intestino – e olha que eu sempre tive problema com isso! Há muito tempo incluí fibra em minha alimentação, na quantidade correta e mesmo assim ele não funcionava direito. Pense num desconforto! Horrível!  O que sei é que depois do Suco Verde tudo mudou de figura e agora ele funciona direitinho!

Suco Verde!

Além disso, minha pele, unha e cabelo tem agradecido também!  Sem demagogia ou exagero, a melhora foi de 50%! Ah, pra fechar o pacote, o problema que tinha no estômago também acabou! Virava e mexia começava a queimar, doer, se irritava com alguns tipos comuns de comida e subia pra minha cabeça! Dá-lhe enxaqueca! Tudo isso acabou!

Tomo o Suco à noite, embora ouça muitos nutricionistas dizerem que o melhor horário é de manhã! Coloco todos os ingredientes na centrífuga e tomo fresco! É uma delícia! Pra ajudar o que já está bom, emagreci quase 3 quilos depois que o inclui em meu cardápio! E olha, não tinha essa intenção, de verdade! Tanto é que tirei o gengibre da receita, pois ele é termogênico e colabora no processo mais ágil do metabolismo e passei a intercalar os dias em que tomo! Que tal experimentar?

Segue a receita do SUCO VERDE!

- 2 folhas grandes de couve.

- 1 galho pequeno de hortelã.

- ¼ de limão.

- 1 laranja.

- Metade de uma maçã.

- 1 pedaço pequeno de gengibre.

- 1 fatia grossa de abacaxi

- 1 copo de água.

- 1 colher de chá de açúcar.

Use a centrífuga ou liquidificador (neste caso é preciso coar!) e tome ainda fresco!

Tô na Revista Viva! Dieta dos Pontos é sucesso total!

Saiu a matéria na revista Viva falando sobre meu emagrecimento através da Reeducação Alimentar criada pelo Dr. Alfredo Halpern!

Márcia Ribas - Antes e Depois

Fiquei muito feliz especialmente porque tenho como missão especial divulgar para os quatro cantos do mundo que é possível emagrecer comendo de tudo, sentindo-se como “gente normal” e não voltar a engordar, nunca mais!

Se por acaso você duvida disso, eu entendo sua postura! De verdade! Eu duvidei também e por muito tempo, especialmente quando detectava que a ultima dieta maluca já não fazia efeito como o prometido! Que decepção, que tristeza, que falta de esperança, que raiva, que vontade de fazer um buraco no chão e entrar nele!

Márcia Ribas - Antes e Depois

Por isso, peço-te insistentemente: NÃO DESISTA! Há solução para o seu caso, acredite! Mas, não deixe de buscar um profissional da saúde pra te ajudar, isso é muito importante! Leia os livros do Dr. Alfredo Halpern, acompanhe os vídeos dele na internet, pesquise, enfim! Isso me ajudou muito, passei a entender o processo que me levou a engordar e como seria para emagrecer!

Márcia Ribas - Antes e Depois

Claro que minha vontade e determinação me ajudaram muito, mas se não fosse o conhecimento adquirido da forma que acabei de citar, não seria a mesma coisa!

Tô aqui na torcida por você! Vai dar certo! Se tiver alguma dúvida, por favor, sinta-se à vontade pra entrar em contato, tá?! Bom trabalho!

Dicas que me ajudaram a Emagrecer!

Pra eu conseguir emagrecer foi imprescindível a força de vontade! Mas, não pense que ela se equipara àquela vontade prazerosa, gostosa, de fácil acesso… Não! Em primeiro lugar eu fiz um esforço tremendo pra acreditar que realmente era algo necessário, mesmo constatando que não tinha mais pra onde correr e que estava a um passo de contrair diabete!

motivo para emagrecer

A força me deu um empurrãozinho e só então acreditei que a endocrinologista  tinha razão! Segue algumas dicas que me ajudaram a emagrecer e que me foram dadas por ela:

- Era necessário fugir da tentação, especialmente no início do emagrecimento! Na época eu morava com mais sete pessoas e o momento da refeição era a maior festa! O papo não tinha fim e ninguém parava de comer, é claro! Passei a ‘fugir’ da mesa tão logo acabava a refeição.

- Me convenci de que metabolismo cada um tem o seu! O meu infelizmente é lento, o que eu posso fazer a não ser comer de forma apropriada? Nunca terei a ‘sorte’ da minha amiga magra esquelética que come tudo o que existe no mundo, com a maior cara boa e não engorda um grama se quer!

- Motivação externa pra emagrecer tem vida curta por mais bonito que seja o vestido de festa que vou usar ao emagrecer, por mais lindo e estonteante que seja o cara que tô de olho e quero impressionar, por mais que tenha prometido pra mim mesma que nesse verão vou abalar… Enfim, são motivos fracos porque têm fim em si mesmo e não me levará a lugar algum.

Com paciência passei a absorver essa nova mentalidade e meu hábito alimentar realmente mudou. Hoje não tenho problema algum com a balança e muito menos com a comida, tudo é muito natural, até porque aprendi que posso comer de tudo!

Acredite! Emagrecer é algo possível! Busque um bom profissional pra te ajudar e não se esqueça de que sua força de vontade pode mudar o rumo da sua vida! Sucesso!

Cardápio ideal para Emagrecer … Depois do estrago!

Cardápio Basiquinho:

emagrecer

Café da Manhã: 3 pães com muita manteiga / Várias fatias de queijo e mortadela / 1 copo grande de Vitamina com a fruta que preferir, é importante que seja adoçado com leite condensado / Pastel frito (grande) / 1 copo de café com leite pra ajudar na digestão.

Lanche (das 09 às 11h30): o que estiver dando bobeira no armário, geladeira ou qualquer outro lugar, sendo gostoso ou não, o importante é mastigar!

Almoço (12h00): Arroz e feijão à vontade / Boa quantidade de Batata frita / Farofa / Bife com gordurinha / Omelete / Sobremesa como Brigadeiro, Bolo de Sorvete ou Mousse / Laranja (é ótimo para o intestino!).

Lanche (15:00h ou mais cedo se a fome apertar): Pão caseiro saído do forno (pedaço considerável) acompanhado de um ovo frito e mussarela / 1 refrigerante ou mais / Pé de moleque caseiro.

Lanche mais reforçado: Macarrão alho e muito óleo com bacon / Maionese / Salada básica de tomate / Bolo simples / Café com leite /  Misturinha de leite em pó com achocolatado até formar um creme que dê pra comer com colher /

Antes de dormir: uma tigela de pipoca de microondas / Refrigerante.

Isso era mais ou menos o que eu comia diariamente pra manter o corpo em forma de bola com quase 100 quilos, ou seja um cardápio Ideal para emagrecer… Depois do estrago! Nem havia necessidade de criatividade no cardápio já que o mais importante era mastigar qualquer coisa o tempo todo!

Pura compulsão por comida gerada a partir de um relacionamento familiar mal resolvido. Através de terapia isso foi se organizando interiormente e aos poucos consegui emagrecer com ajuda da Reeducação Alimentar!

Emagrecer, definitivamente não significa apenas fechar a boca, é muito mais que isso! Busque um bom profissional pra te ajudar! Tenho certeza de que ficará muito feliz com o resultado! De preferência que seja através da Reeducação Alimentar!

Emagrecer é fácil ou difícil? Depende…

Ao publicar essa foto no facebook várias pessoas me perguntaram se havia feito montagem. Aliás, algumas juram de pé junto que é montagem e ponto final! Hahaha.

emagrecer, reeducação alimentar

Eu reconheço que para as pessoas que me conheceram depois do emagrecimento não é fácil acreditar mesmo. Até porque depois disso eu usei aparelho nos dentes, tirei uma super pinta do rosto e passei pela cirurgia de redução mamária. Sem contar toda a mudança interior que aconteceu por conta da autoestima elevada! Essa mudança é muito grande e forte!

A vida muda! A forma de ver e enfrentar o mundo muda! As metas mudam! O olhar muda, o sorriso muda, tudo muda! Muita coisa nova e boa a meu respeito foi descoberta a partir de então, como se tivesse tirado uma rolha do gargalo! Eu nasci de novo!

A primeira pergunta que as pessoas fazem a respeito do emagrecimento é a seguinte: É MUITO DIFÍCIL EMAGRECER?

Nos primeiros meses a adaptação é exigente, pode-se dizer difícil. É algo incômodo, até acostumar a comer de 3 em 3 horas pelo menos, mudar o hábito alimentar, ter noção da quantidade de calorias dos alimentos, de começar alguma atividade física, tomar mais água, enfim. É a parte prática do processo.

Mas, a partir do momento que passei a emagrecer toda essa ‘dificuldade’ diminui. O interessante, e necessário na verdade, é ter uma meta! Não somente de peso a ser eliminado, mas de vida, de dar um significado concreto e real pra o emagrecimento, aí tudo fica mais fácil!

O meu grande significado foi minha saúde. Não dava mais pra seguir como se tudo estivesse normal, sabendo que mais dia menos dia eu poderia entrar num quadro de diabete, sem volta.

Qual é o significado do seu emagrecimento? Encontrando-o tudo fica mais fácil!

Comer à noite!

Comer muito e bem tarde da noite era uma das minhas ‘especialidades’ enquanto fofucha! Chegava em casa mais ou menos às 23h e seguia em direção ao armário e a geladeira com o firme pensamento: ‘tomara que eu não encontre muita coisa calórica por lá, pois se encontrar vou comer tudo e mais um pouco!’. Você acredita nisso?

Na maioria das vezes não sentia fome, até porque já havia comido muito bem antes de sair de casa! Mas, a vontade de comer algo era tamanha que não conseguia me conter. Além disso, não estava convencida de que realmente era preciso emagrecer.

Relembrando essas atitudes e toda a minha trajetória de emagrecimento digo que não engordei apenas porque comia muito, mas porque vários fatores contribuíram para isso, especialmente o emocional.

Comer à noite

Há situações que só podem ser mudadas com o auxílio médico. E foi exatamente quando busquei o psicólogo e o endocrinologista que passei a entender o meu processo, me conscientizei sobre ele e então consegui emagrecer! Por isso sou totalmente contra dietas malucas. Penso que cada caso é um caso e precisa ser tratado como tal.

Você já ouviu falar sobre a Síndrome da Fome Noturna, por exemplo? O Dr. Drauzio Varella fala sobre ela aqui. Não foi o meu caso, mas de repente pode ser o seu ou de alguém que você conhece. Emagrecer é mais sério do que simplesmente parar de comer.

Entradas Mais Antigas Anteriores

%d blogueiros gostam disto: